MAM no Metropolitan 13/05/2015


Mirela Estelles, educadora do MAM participa da manhã de atividades no Metropolitan Museum of Art

Ouvir, criar e contar histórias, brincar com as palavras criando e cantando versos, brincar de roda, brincadeiras de mão, de correr, de pegar, de esconder…fazem parte da cultura da infância e podem ser fomentadas como prática educativa na educação não formal em exposições de arte. É por meio de situações que integram as histórias, músicas e brincadeiras que as crianças e adultos se aproximam da arte ampliando seu olhar e repertório artístico de forma lúdica e significativa, estabelecendo novas relações e diálogo com o universo artístico do museu. Estas situações proporcionam a integração entre os participantes e estimulam as relações no sentido da sociabilização e do pertencimento cultural. Neste encontro, a educadora Mirela Estelles compartilhará sua experiência de maneira prática e teórica contando sobre o trabalho educativo desenvolvido no MAM-SP, em exposições, que trouxeram artistas como: Oswaldo Goeldi, Candido Portinari, Maria Martins, Alex Vallauri, Frans Krajcberg e José Leonilson. Após esta fala os participantes serão convidados a vivenciarem na prática possíveis conexões apresentadas para o fomento da cultura da infância e aproximação das crianças com a arte propondo diferentes ações durante a visita ao MET.

 

Língua-cultura: língua e cultura, língua é cultura
16 maio, 2015 (sábado)A cultura tradicional da infância como abordagem educativa
Mirela Estelles (MAM, BRA)

17 de maio, 2015 (domingo)
Manhã de atividades no Metropolitan Museum of Art
Confiram toda programação no link: http://www.brasilemmente.org/programacao-conferencia-plh-2015.html