Obras do MAM no SESC 22/05/2015


O MAM possui cinco obras do acervo que estão expostas no Sesc Belenzinho, na exposição: Geraldo de Barros e a fotografia. A exposição fica aberta até o final do mês, vale a pena conferir:

 

Geraldo de Barros e a fotografia
Visitação: 8 de abril a 31 de maio de 2015

 

Espaço expositivo do Sesc Belenzinho
Visitação: Terça a sábado, das 10h às 21h. Domingo e feriado, das 10h às 19h30.

Rua Padre Adelino, 1000
Telefone: (11) 2076-9700

www.sescsp.org.br/belenzinho

 

 

Texto extraído do site do Instituto Moreira Salles:

 

Resultado de parceria entre o Instituto Moreira Salles e o Sesc São Paulo, o projeto Geraldo de Barros e a fotografia envolve livro e exposição homônimos que abordam a relação de um dos mais importantes artistas do movimento concretista brasileiro, o fotógrafo, designer e pintor brasileiro Geraldo de Barros (1923-1998). Heloisa Espada assina a curadoria da exposição e a organização do volume, cujo lançamento ocorre durante o evento de abertura da mostra no espaço expositivo do Sesc Belenzinho, no dia 7 de abril, às 20h, onde permanecerá em cartaz até o dia 31 de maio.

O livro e a exposição de Geraldo de Barros estão organizados em três núcleos que correspondem aos momentos-chave em que o artista trabalhou de forma direta ou indireta com a imagem fotográfica. De acordo com Heloisa Espada, “as três fases deixam claro que, para Geraldo de Barros, a imagem fotográfica não era uma representação objetiva da realidade, mas um material passível de ser manipulado de diferentes maneiras. Além de fotografar, o artista cortava, riscava e desenhava sobre seus negativos, sobrepunha cenas, fazia fotogramas e montava pequenos fragmentos de filmes sobre placas de vidro, dando origem a imagens que muitas vezes se confundem com pinturas ou gravuras”.

“Eu nunca sei, como ser humano, o que está acontecendo realmente, se aquele colorido que a televisão me retransmite é aquilo mesmo em definitivo, mas sei que esses códigos nos são transmitidos querendo estabelecer as coisas que vamos pensar”.

Geraldo de Barros, em 1977, na ocasião da exposição 12 anos de pintura, 1964 a 1976, realizada no MAM/SP

 

Disponível em: http://www.ims.com.br/ims/visite/exposicoes/geraldo-de-barros-e-a-fotografia-sesc

Acesso em: 20 de maio de 2014