Conservação e restauro no MAM 28/10/2016


O Museu de Arte Moderna de São Paulo possui hoje uma coleção de aproximadamente 5.440 obras de arte de artistas brasileiros, que vêm sendo incorporadas à coleção desde 1967.

A coleção do MAM é composta por obras de diversas categorias, como pintura, escultura, desenho, gravura, fotografia, vídeo, instalação e performance, produzidas por mais de mil artistas. Entre eles figuram os nomes mais expressivos da produção moderna e contemporânea brasileira, como Lívio Abramo, Flávio de Carvalho, Paulo Bruscky, Hélio Oiticia, Lygia Clark, Nelson Leirner, Cildo Meireles, Regina Silveira, Carlos Fajardo, Beatriz Milhazes, Rafael França, Vik Muniz e Rivane Neuenschwander.

O setor do Acervo do Museu é responsável pela gestão da coleção abrangendo sua documentação e conservação. Visando sempre ao cumprimento da missão do Museu de colecionar, estudar, incentivar e difundir a arte moderna e contemporânea brasileira, com frequência são realizados estudos para identificar obras de arte que necessitam de restauro.

Em 2015 se criou o projeto “Mira Schendel, Goeldi, Gilvan Samico e Maria Bonomi –  Conservação e restauro de obras do MAM” destinado à preservação e difusão de parte do acervo do MAM São Paulo, com o objetivo de preservar a integridade de um conjunto de obras e assegurar cuidados preventivos que garantam sua sobrevida, e com isto ampliar as possibilidades de acessibilidade à coleção.

 

Entenda um pouco do processo ocorrido

 

Contemplado pelo Edital nº 19/2015 do Programa de Ação Cultural promovido pela Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo, o projeto selecionou 39 obras de arte em suporte de papel do acervo museológico do MAM São Paulo que apresentavam oxidação intensa, degradação do suporte de papel e montagem em molduras inadequadas. Através de uma rigorosa ação executada pela equipe especializada em conservação e restauro de obras de arte do Ateliê De Vera Artes foram restauradas 28 obras da artista Mira Schendel, 4 obras do artista Oswaldo Goeldi, 3 obras do artista Gilvan Samico e 4 obras da artista Maria Bonomi.

 

Obras restauradas

colecao

 

Como atividades do projeto as obras foram fotografadas em alta resolução pelo fotógrafo Romulo Fialdini, e em 15 de outubro de 2016 foi promovida uma palestra aberta ao público com a equipe do Ateliê De Vera Artes apresentando o processo de recuperação feito nas obras de arte e, também, oferecendo noções elementares de conservação para pequenos acervos em papel.

 

Assista a palestra

 

A oportunidade de realizar as ações de preservação do Acervo do MAM por intermédio da premiação do Edital Proac 2015, com a recuperação estrutural e estética deste conjunto de obras de artistas relevantes para o panorama artístico nacional permitiu que o MAM ampliasse suas ações para que as obras de sua Coleção estejam sempre em bom estado de conservação, acessíveis e disponíveis para pesquisas e exposições, cumprindo assim seu papel de preservar tão importante patrimônio.