Diversidade em pauta na biblioteca 05/07/2017


A mulher e o trabalho

Nesta exposição, trabalhos feitos por artistas mulheres referem a diversidade de funções, papéis e expectativas que a sociedade atual tem em relação ao sexo feminino. Usos ou alusões a técnicas de tecelagem, costura, bordado ou crochê remetem diretamente à atividade feminina nas sociedades tradicionais, alçado à categoria de trabalho artístico no século XX em escolas autodenominadas modernas, como a Bauhaus, permanecendo, contudo relegadas às mulheres.

Produzidas com essas técnicas, ou aludindo ao seu uso, as obras reunidas aqui remetem às várias esferas de atividade em que a mulher contemporânea está inserida. Desejos, expectativas, deveres e exigências se acumulam. Casa, carreira, saúde, dinheiro, comida, aparência, sexo, parceiros, família, amigos. A contrapartida: frustração, exaustão e violência, autoimpetrada ou infringida por outrem, quase sempre um homem.

Enquanto a arte for campo de ação, que ela permita vislumbrar outros modos de vida em que homens e mulheres partilhem igualmente as atividades cotidianas, em que o trabalho resulte em realização, em que a ação consciente conduza à liberdade.

 

 

Serviço
A mulher e o trabalho
Curadoria: Magnólia Costa
Visitação: 8 de fevereiro até 13 de agosto de 2017
Entrada: R$ 6,00 – gratuita aos sábados
Local: Museu de Arte Moderna de São Paulo – Biblioteca
Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, s/no – Parque Ibirapuera (portões próximos: 2 e 3)
Horários: terça a sexta, das 10h às 17h30 (com permanência até as 18h)
T +55 11 5085-1308
biblioteca@mam.org.br
Para mais informações, clique aqui.

 

Imagens de Rafael Roncato