Imagens celulares com Marcello Vitorino INSCRIÇÕES ENCERRADAS


Recomende esse curso


O laboratório fará o uso de imagens produzidas a partir de aparelhos celulares, propondo exercícios e reflexões em torno dos processos de construção de retratos e paisagens fotográficas, incluindo as possibilidades do uso da fotografia como registro dos acontecimentos cotidianos.

 

Dias: 06, 08, 13, 15, 20 e 22 de fevereiro de 2017
Segundas-feiras e Quartas-feiras, das 10h30 às 12h30
Público: essencialmente não fotógrafos interessados em fotografia, com mínimo conhecimento técnico
Investimento: R$ 315,00

 

 

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

 

 

Marcello Vitorino Integrou a equipe de repórteres fotográficos do Diário do Grande ABC (1997 a 1999), onde iniciou pesquisa sobre a obra do fotógrafo João Colovatti, que resultou na exposição “João Colovatti: Revelações de um Anti-Herói” (2004), realizada no Salão de Exposições do Paço Municipal de Santo André. Em 2008 apresentou monografia sobre João Colovatti no curso de pós-graduação em Fotografia no SENAC-SP. Fez parte do Núcleo de Fotografia da Casa do Olhar (1999 a 2007), tendo participado ativamente de diversas exposições e ações coletivas, como o projeto Paranapiacaba: Outras Paragens (2004), e o festival “Onde Está a Fotografia?” (2006). Seu trabalho pessoal perpassa o universo cotidiano, sagrado, mítico e citadino. Publicou e expôs ensaios como Concrecidade (2002), Ex-Fabris (2006), Encontro com o Divino (2010), Agô! (2011), Destinos Flutuantes (2013), Refúgio da Luz (2013) e Instituto Criança é Vida: Educando para a Saúde (2013).

 

 

Crédito da imagem: Marcello Vitorino