Cidade da língua: Bompas&Parr 05 JUN - 03 SET, 2017


Qual é o futuro da comida? À medida que enfrentamos desafios ecológicos crescentes, o debate sobre as estratégias para alimentar a humanidade deve envolver artistas, desenhistas industriais e cientistas numa colaboração criativa. O grupo inglês Bompas & Parr tomou essa iniciativa há dez anos, e eles trazem ao Brasil pela primeira vez o mundo que inventaram.

Sam Bompas e Harry Parr são ao mesmo tempo os sócios por trás da firma que leva seu nome e os personagens que aparecem em banquetes, filmes, museus, livros e eventos excêntricos pelo mundo todo. Para desenvolver sua poética, eles têm trabalhado com diversos profissionais, tais como músicos, historiadores da alimentação, cientistas acadêmicos, artistas contemporâneos, desenhistas industriais de bebida e comida e desenhistas gráficos. O resultado é um conjunto singular de trabalhos que estão redefinindo a relação entre arte e comida.

A “Cidade da Língua” é composta por uma série de instalações que tratam do passado, do presente e do futuro da comida. As instalações estão arranjadas como partes de uma cidade inglesa com a típica arquitetura do século quinze. A atmosfera evoca o crepúsculo, com todas as aparições misteriosas trazidas pela noite que se aproxima. A comida é experimentada de diversas maneiras: por meio do paladar, do cheiro, do toque, da visão e da audição. O passado da alimentação é apresentado por meio de uma coleção de objetos e imagens. O presente aparece como o mundo de Bompas & Parr. O futuro é explorado na “Farmácia”, com trabalhos que miram o campo da ficção científica.

Todos os temas da “Cidade da Língua” são tratados num estilo característico: fantasia, festa e o típico senso de humor britânico. Assim, trazemos a arte e a gastronomia celebrando uma década de Bompas & Parr.

Felipe Chaimovich

 

Serviço
Cidade da língua: Bompas&Parr
Curadoria: Felipe Chaimovich
Abertura: 05 de junho de 2017, 20h
Visitação: 06 de junho até 03 de setembro de 2017
Entrada: R$ 6,00 – gratuita aos sábados
Local: Museu de Arte Moderna de São Paulo – Sala Paulo Figueiredo
Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, s/no – Parque Ibirapuera (portões próximos: 2 e 3)
Horários: terça a domingo, das 10h às 17h30 (com permanência até as 18h)
T +55 11 5085-1300
atendimento@mam.org.br
Para mais informações, clique aqui.