Institucional

Missão

Colecionar, estudar, incentivar e difundir a arte moderna e contemporânea brasileira, tornando-a acessível ao maior número de pessoas possível.

Sobre o MAM

O Museu de Arte Moderna de São Paulo é uma sociedade civil de interesse público, sem fins lucrativos, fundada em 1948. Sua coleção possui mais de 5 mil obras produzidas pelos nomes mais representativos da arte moderna e contemporânea, principalmente brasileira. Tanto a coleção como as exposições privilegiam o experimentalismo, abrindo-se para a pluralidade da produção artística mundial e a diversidade de interesses das sociedades contemporâneas.

As exposições principais são realizadas em duas salas, segundo uma grade anual estruturada em quatro temporadas. Outras mostras são exibidas regularmente nos espaços da biblioteca e do corredor de ligação, onde é desenvolvido o programa de instalações Projeto Parede.

A cada dois anos, o MAM realiza o Panorama da Arte Brasileira, exposição que resulta do mapeamento da produção contemporânea em todas as regiões do país. O crescimento do interesse pela arte brasileira no mundo consolidou o Panorama como uma mostra relevante no circuito artístico internacional.

O museu mantém ainda uma ampla grade de atividades que inclui cursos, seminários, palestras, performances, espetáculos musicais, sessões de vídeo e práticas artísticas. O conteúdo das exposições e das atividades é acessível a todos os públicos, por meio de audioguias, videoguias e tradução para a língua brasileira de sinais.

Instalações

O MAM está localizado no Parque Ibirapuera, a mais importante área verde de São Paulo. O edifício foi adaptado por Lina Bo Bardi e possui, além das salas de exposição, ateliê, biblioteca, auditório, restaurante e loja. Os espaços do museu se integram visualmente ao Jardim de Esculturas, projetado por Roberto Burle Marx para abrigar obras da coleção. Todas as dependências são acessíveis a visitantes com necessidades especiais.

Coleção

As obras da coleção são exibidas em exposições temporárias realizadas no MAM e em outras instituições, tanto brasileiras como estrangeiras. O museu tem uma política de atualização, conservação e ampliação permanente da coleção.

Biblioteca

O acervo de livros, periódicos, documentos e material audiovisual é formado por 65 mil títulos. O intercâmbio com bibliotecas de museus de vários países mantém o acervo vivo.

Educativo

A formação de público é o alvo principal das ações do Educativo. O atendimento escolar é gratuito e específico para cada faixa etária, da educação infantil à universidade.

Visitas às exposições, práticas artísticas, oficinas e cursos especiais são concebidos para atender às necessidades do público diverso. As atividades são acessíveis a todos, não havendo barreiras físicas, sensoriais, mentais, intelectuais ou sociais.

Publicações

Catálogos de exposições, projetos especiais e uma revista trimestral distribuída gratuitamente são editados no MAM. As publicações permitem ao museu perpetuar e difundir conteúdos por meio da distribuição em bibliotecas públicas.

Cursos

Uma extensa grade de cursos é oferecida semestralmente nas áreas de história e crítica da arte, fotografia e artes plásticas. Os cursos são ministrados por profissionais renomados e têm por objetivo atender interesses específicos do público pelas linguagens contemporâneas.

Clubes de Colecionadores

O MAM possui clubes dedicados à difusão do colecionismo de gravura, fotografia e design. Todos os anos, cada clube convida cinco artistas a desenvolver uma obra com tiragem de cem exemplares para serem distribuídos entre os sócios. A associação aos clubes possibilita o compartilhamento de obras que passam a integrar a coleção do museu.

Loja e restaurante

A loja comercializa produtos de design, livros de arte e uma linha de objetos com a marca MAM.

Parceiros corporativos e programa de sócios

O MAM é um museu organizado pela sociedade civil e voltado para os interesses dela. A participação de membros da sociedade civil e da iniciativa privada é fundamental para que o museu mantenha suas atividades. Essa participação se dá por meio das leis de renúncia fiscal, pela qual os tributos devidos ao Estado podem ser revertidos diretamente para o patrocínio de exposições, projetos educacionais e apoio à manutenção do museu. Pessoas jurídicas e físicas podem contribuir.