curso online | As transtopias de Paul B. Preciado: feminismo, corpo e tecnologia com Ali Prando e Matheuz Catrinck


Recomende esse curso


Datas: 23, 30 de agosto, 06, 13, 20, 27 de setembro de 2021
Horário: das 19h às 21h por videoconferência
Inscrições encerradas

Segundas-feiras

Público: interessados em geral 

Duração: 06 encontros

Investimento: R$ 480,00 em até 4 parcelas

As aulas acontecem ao vivo via plataforma Zoom

 

O objetivo do curso é introduzir o pensamento de Paul B. Preciado e seus principais conceitos, como a contrassexualidade, a desnaturalização dos corpos e suas tecnologias, a partir de suas discussões e questionamentos sobre gênero, feminismo, política e os marcos da Teoria Queer.

Preciado é considerado um dos mais brilhantes filósofos contemporâneos e expoente da Teoria Queer. Nascido em Burgos, na Espanha, é ainda um dos curadores de arte mais relevantes do mundo, mantendo em debate através de seus trabalhos as teorias de Judith Butler, Félix Guattari, Michel Foucault, Gilles Deleuze e Donna Haraway.

 

Programação

Aula 01 | (23/08) O que pode a Teoria Queer?

Aula 02 | (30/08) O que é a Contrassexualidade?

Aula 03 | (06/09) Ficções biopolíticas e tecnologias de produção de gênero

Aula 04 | (13/09) Subjetivação, dispositivos e regimes contemporâneos

Aula 05 | (20/09) O corpo como centro de resistência

Aula 06 | (27/09) Necropolítica T e hackeamentos de gênero

 

Ali Prando um filósofo, pesquisador, curador e multiartista brasileiro. É autor de projetos que interseccionam gênero e sexualidade à cultura pop, como o “Politizando Beyoncé” e “Björk: Paradigmas do Pós-humanismo.exe”, o segundo criado com exclusividade para compor a programação da exposição da artista durante sua passagem pelo país. Desde 2020, é curador e apresentador das Mix Talks, programa de discussões contemporâneas do Festival Mix Brasil, o maior evento sobre cultura de diversidade da América Latina. Foi indicado pelo fórum Cidadão Global, do Valor Econômico, como uma das nove pessoas que mais lutaram por justiça e igualdade social no Brasil em 2020. Neste ano, foi um dos rostos da campanha Facebook Pride no Brasil. Já participou e colaborou com festivais como Coquetel Molotov, MECA, Mix Brasil, Path e WHOW!, além de instituições como Tapera Taperá, Museu da Imagem e do Som de São Paulo, Museu da Diversidade Sexual, Unibes Cultural e unidades do Sesc em São Paulo.

Matheuz Catrinck é mestrando em Comunicação e Cultura pela Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ECO/UFRJ). É bolsista do Programa de Excelência Acadêmica da CAPES e pesquisador do Pontão de Cultura Digital da ECO, onde coordena e desenvolve estudos e ações sobre corpo, subjetividade, sexualidade, tecnopolíticas, estéticas e tecnologias da comunicação.

 

Dúvidas:

cursos@mam.org.br

WhatsApp: 11 99774 3987

 

Sócios do MAM têm 20% de desconto. Faça parte!

Estudantes, professores e aposentados tem 10% de desconto

 

Legenda:
Georgete Melhem – Gêneros e números, 1969. Acrílica sobre tela: 130,5 x 92,3 cm. Acervo mam

 

Curso online ao vivo via plataforma de videoconferência. Aulas gravadas disponibilizadas somente aos inscritos e por tempo determinado.
Ao participar desta atividade/evento, você autoriza, de forma gratuita e definitiva, o MAM – Museu de Arte Moderna de São Paulo, a utilizar sua imagem, voz, dados biográficos e sinais característicos, captados em vídeo, áudio, fotografia e prints, para fins de registro, divulgação e promoção das atividades do Museu, em quaisquer meios, veículos, suportes, mídias, métodos e tecnologias, tangíveis ou intangíveis. Caso você não queira que sua imagem seja divulgada, por favor informar o MAM (cursos@mam.org.br). Em alguns cursos as aulas que acontecem na plataforma Zoom poderão são gravadas e disponibilizadas somente aos participantes dessas respectivas aulas com prazo de expiração. O conteúdo da gravação é protegido por direitos autorais e o acesso é permitido unicamente para fins de estudo e de uso exclusivo do participante impossibilitando a sua divulgação ou compartilhamento com terceiros.