online – Processos de Criação em Performance Professores: Elisa Band e Leonardo Castilho


Recomende esse curso


Datas: 27 de agosto, 03, 10, 17, 24 de setembro, 01, 08, 15, 22, 29 de outubro, 05, 12, 19, 26 de novembro, 03 de dezembro de 2020
Horário: Quintas-feiras, das 16h às 18h.

Professores: Elisa Band e Leonardo Castilho

 

Um espaço para a experimentação e pesquisa da prática artística da performance, que utiliza elementos de várias linguagens, como o teatro, a dança, a música e as artes visuais, na criação de uma cena, além do potencial performático da língua brasileira de sinais – Libras.

Por meio de procedimentos variados da linguagem da performance, os participantes poderão ampliar seu repertório criativo e pessoal. Também criarão performances individuais e em grupo, lidando com a interface entre arte e da vida experimentada nessa linguagem. Para esse semestre, investigaremos as possibilidades do formato on-line, compreendendo e experimentando juntos as potencialidades expressivas e comunicativas desse contexto.

O curso será ministrado via plataforma de videoconferência Zoom Meetings.

 

Elisa Band é performer, encenadora e pesquisadora. Formada em Artes Cênicas-Unicamp, foi uma das fundadoras do grupo K, dirigido por Renato Cohen. De 2007 a 2012 foi codiretora e dramaturga da Cia Ueinzz. Desde 1998 participa de diversos grupos e espetáculos e se apresentou em teatros e festivais no Brasil, Bélgica, Portugal e Alemanha. Ministra cursos de teatro e performance na SP Escola de Teatro, mam, SESC, Escola Superior de Artes Célia Helena, entre outros. Em 2015 publicou o livro de contos Perecíveis, Ed. Lamparina Luminosa. Em 2015 foi residente da Akademie Schloss Solitude (Alemanha). É diretora de Teatro da ONG Ser em Cena. Desde 2018 é mestranda na Escola de Comunicações e Artes- USP.

 

Leonardo Castilho é artista, educador, produtor cultural, performer e ator em teatro e TV, MC do Slam do Corpo, idealizador e responsável pelas equipes Vibração e Sencity no mam. Ex-diretor de cultura da Associação de Surdos de São Paulo – ASSP, desde 2005 trabalha no setor educativo mam, onde atua como produtor de Acessibilidade e professor no Programa Igual Diferente. Desde 2008 é integrante do Corposinalizante, projeto que recebeu alguns prêmios, como o 1º lugar no Prêmio Darcy Ribeiro 2009 (IPHAN/MinC).

 

 

INSCRIÇÕES PARA LISTA DE ESPERA A PARTIR DO DIA 12 DE AGOSTO

Mais informações pelo e-mail: igualdiferente@mam.org.br

 

Lembrar não é acontecer (2019)

 

 

Galeria de imagens 2019

Fotos: Karina Bacci