Ausente Manifesto: ver e imaginar na arte contemporânea em cartaz


Datas: 06 de novembro, 2021 a 20 de fevereiro, 2022

local: Sesc Mogi das Cruzes 

 

reserve seu ingresso

 

A nova unidade do Sesc São Paulo, localizada na cidade de Mogi das Cruzes, abre ao público a partir do dia 6 de novembro com a exposição Ausente Manifesto: ver e imaginar na arte contemporânea. A mostra reúne 35 obras do acervo do MAM São Paulo (Museu de Arte Moderna de São Paulo) e de seu clube de colecionadores, e inaugura uma parceria entre as instituições que deve prosseguir, nos próximos meses, com ações que incluem atividades educativas e outras mostras.

A curadoria de Ausente Manifesto é de Cauê Alves, curador do MAM, e Pedro Nery, museólogo da instituição.

As obras escolhidas são de artistas contemporâneos que transpõem as divisões sedimentadas das linguagens artísticas, trazendo à tona um jogo entre desenho e instalações, vídeo e imagem, fotografia e representação. A ideia é criar uma oportunidade de aproximar o público amplo e diverso do Sesc da arte contemporânea.

Os artistas que integram a mostra são Adriana Varejão, Angela Detanico, Anna Bella Geiger, Antonio Dias, Cao Guimarães, Carlito Carvalhosa, Cinthia Marcelle, Coletivo Garapa, Dora Longo Bahia, Efrain Almeida, Ernesto Neto, Fabrício Lopez, Gabriel Velarde, Gilvan Barreto, Jonathas de Andrade, José Damasceno, José Patrício, Lenora de Barros, Lucia Koch, Marcius Galan, Marepe, Matheus Rocha Pitta, Mídia Ninja, Milton Machado, Milton Marques, Nelson Leirner, Nuno Ramos, Rafael Lain, Regina Silveira, Rivane Neueschwander, Romy Pocztaruk, Sara Ramo, Tadeu Jungle,  Thiago Bortolozzo, Thiago Honório e Waltércio Caldas.

A exposição reforça um caráter inusitado, e por vezes irônico, da arte contemporânea em deturpar a lógica de representação dos objetos que são reconhecidos por suas utilidades, estabelecendo, dessa forma, uma ordem diferente entre o que é representar e criar. A arte é produtora do simbólico de nascença, ou seja, quando criada ela não tem uma utilidade prática.

Orientações de segurança para visitantes 

O Sesc São Paulo retoma, de maneira gradual e somente por agendamento prévio online, a visitação gratuita e presencial a exposições em suas unidades na capital, na Grande São Paulo, no interior e no litoral.

Para diminuição do risco de contágio e propagação do novo coronavírus, conforme as orientações do poder público, foram estabelecidos rígidos processos de higienização dos ambientes e adotados suportes com álcool em gel nas entradas e saídas dos espaços.

A entrada na unidade será permitida apenas após confirmação do agendamento feito no app Credencial Sesc SP ou no portal do Sesc São Paulo. A utilização de máscara cobrindo boca e nariz durante toda a visita, assim como a medição de temperatura dos visitantes na entrada da unidade serão obrigatórias. Não será permitida a entrada de acompanhantes sem agendamento.

A partir de 4 de outubro de 2021, passou a ser necessário também apresentar comprovante de vacinação contra COVID-19 (pelo menos a primeira dose) para ingressar nas unidades do Sesc no estado de São Paulo.

Poderá ser apresentado:

  • Comprovante de vacinação físico ou digital, recebido no ato da vacinação;
    Comprovante de vacinação impresso ou digital, disponibilizado pelas plataformas VaciVida e ConecteSUS ou pelo aplicativo e-saúdeSP.

 

Serviço

Ausente Manifesto: ver e imaginar na arte contemporânea
Local: Sesc Mogi das Cruzes
Curadoria: Cauê Alves e Pedro Nery
Período expositivo: 6 de novembro de 2021 até 20 de fevereiro de 2022
Funcionamento: Terça a sexta, das 13h às 22h. Sábados, domingos e feriados, das 9h às 18h
Agendamento de visitas: a partir do dia 3 de novembro pelo app Credencial Sesc SP ou, pelo computador, em sescsp.org.br/mogidascruzes
Classificação indicativa: Livre
Grátis
Sesc Mogi das Cruzes – Rua Rogério Tacola, 118, Socorro. Mogi das Cruzes (SP)

 

Imagem: Waltercio Caldas (Rio de Janeiro, RJ, 1946), Copo fotografando o copo, 2015. Serigrafia e fotografia sobre papel, 44,5 x 95 cm. Clube de Colecionadores de Fotografia MAM São Paulo. Foto: Estúdio 17

 

barra de logos sesc mam