masterclass presencial | proust e as artes, com Brunno Almeida Maia


Recomende esse curso


Data: 25 de fevereiro, 2023
Horário: 15h às 17h

Sábado
Público: interessados em geral
Duração: 01 encontro
Investimento: R$ 80,00
Aula presencial

Curso contempla certificado no final

 

inscrições aqui

 

Por ocasião da efeméride de 100 anos da morte do escritor francês Marcel Proust e o lançamento do livro póstumo “Proust e as artes” (Todavia), do filósofo Roberto Machado, o pesquisador Brunno Almeida Maia ministra a aula presencial “Proust e as artes”, no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM).

O objetivo do encontro é discutir a presença de uma teoria da arte nos sete volumes do “Em busca do tempo perdido” (1913-1922), desenvolvida pela perspectiva da recepção e o subjetivismo do fruidor, a espiritualização da obra de arte e sua dispensa da materialidade, pontuando os temas “As impressões dos sentidos na Recherche”, “A música, a pintura” e a presença da literatura na Recherche.

Os 10 primeiros inscritos ganharão um exemplar físico do livro “Proust e as artes”, de Roberto Machado, publicada pela Editora Todavia.

 

Conteúdo da aula

  • Introdução ao projeto da Recherche;
  • Proust e a literatura modernista;
  • Os signos mundanos, sensíveis, amorosos e da arte na Recherche;
  • As impressões dos sentidos e a fenomenologia da obra de arte na Recherche;
  • A música, a pintura e a literatura na Recherche;
  • Pode a arte salvar a vida?

 

Brunno Almeida Maia é pesquisador em filosofia, ciências humanas e teoria pela UNIFESP, foi curador e pesquisador da exposição “Ema e a Moda no século XX – as roupas e a caligrafia dos gestos”, na Casa Museu Ema Klabin, e residente do NECMIS. É professor convidado e coordenador pedagógico em instituições como Istituto Europeo di Design, de São Paulo, da Escola de Comunicação e Artes da USP, do SENAC Lapa, da FAAP e Centro Universitário Belas Artes. É autor do livro “O Teatro de Brunno Almeida Maia” (Editora Giostri, 2014). Também assina capítulo sobre a relação entre a literatura e a moda no romance Lucíola (1862) de José de Alencar no livro “Moda Vestimenta Corpo” (Editora Estação das Letras e Cores, 2015), e é um dos autores da antologia “São Paulo em Palavras” (Editora Aquarela Brasileira, 2017). Foi facilitador pedagógico do Programa “Transcidadania”, uma iniciativa da Prefeitura Municipal de São Paulo com a CADS e Centro de Cidadania LGBT SP. Atualmente trabalha em seu próximo livro: “Tempos de exceção: ensaios sobre o contemporâneo” (Editora Cosmos).

 

Sócios do MAM têm 20% de desconto. Faça parte!
Estudantes, professores e aposentados tem 10% de desconto

Dúvidas:
cursos@mam.org.br
WhatsApp: 11 99774 3987

 

Vista de Delft (1660-1661), de Johannes Vermeer

 

Ao participar desta atividade/evento, você autoriza, de forma gratuita e definitiva, o MAM – Museu de Arte Moderna de São Paulo, a utilizar sua imagem, voz, dados biográficos e sinais característicos, captados em vídeo, áudio, fotografia e prints, para fins de registro, divulgação e promoção das atividades do Museu, em quaisquer meios, veículos, suportes, mídias, métodos e tecnologias, tangíveis ou intangíveis. Caso você não queira que sua imagem seja divulgada, por favor informar o MAM (cursos@mam.org.br).