Memórias e tradições orais: oficina virtual com Talita Frangione e grupo Sementeira Família MAM


Data: 30 de novembro, 2021
Horário: 16h

 

Uma oficina de criação, confecção e história de bonecas africanas Abayomi, no formato online. Abayomi significa “encontro precioso”, “aquela que trás alegria”, em Iorubá. São pequenos tesouros que atuam como forma de expressão homenageando os antepassados e divulgando a preciosa cultura que trazem consigo. As bonecas Abayomi são elemento de afirmação das raízes da cultura brasileira, de poder do feminino matriarcal, fortalecimento da auto-estima do povo preto, de resistência cultural e de preservação das artes manuais, sendo instrumento valioso nas mãos de educadores interessados em propagar conhecimento histórico, cultural e criativo, combinando poéticas que se amarram em cores, imaginação, música e elementos da cultura afro-brasileira.

Materiais:

  • Tecido preto ou marrom escuro (preferencialmente malha ou feltro): sugestão de tamanho em torno de 25 cm x 15cm*;
  • Tecido colorido (preferencialmente chita): sugestão de tamanho de 30 x 20cm*;
  • Qualquer tipo de linha barbante ou lã;
  • Tesoura;
*Podem ser retalhos, esses tamanhos são apenas sugestões.

 

Talita Frangione, mulher preta em diáspora, é mãe do Davi Frangione Trega, um menino de 10 anos, musical, sonhador e consciente de sua ancestralidade. Formada como bacharel em moda pela UNIP, especializou-se em Design de Jóias na Bellas Artes, em Maquiagem Profissional no Senac e Terapia Complementar no Atmam Espaço Vivencial. Atua na produção cultural em Ilhabela (SP) e como apresentadora, curadora e comunicadora digital do Festival Felino Preta edição online 2020 e 2021. Toca agbê desde 2013 e atualmente é oficineira de danças e toques de cultura popular (maracatu de baque virado e dança afro). Artesã envolvida com o universo das danças, toques e histórias das Iabás (orixás femininos).

Grupo Sementeira pesquisa ritmos da cultura popular, histórias e brincadeiras cantadas da cultura tradicional da infância. Jogos de versos, cancioneiro popular, baião, côco, maracatu, ciranda, fazem parte de seu repertório, temperados com outras sonoridades do mundo. Cantos para se brincar em roda,  para dar as boas vindas aos que estão chegando, para manter viva a criança em nós.

 

inscrições aqui

 

Oficina virtual no Zoom, para crianças a partir de 3 anos, acompanhadas de suas(eus) responsáveis.

Link do evento é enviado no dia por e-mail com 1h de antecedência da atividade.

Para intérprete de Libras, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48hs de antecedência.

Para certificado, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br após a atividade, com comprovante de inscrição em anexo.

 

Essa atividade faz parte do programa Família MAM.

 

Créditos da imagem: Daniela Mantegari.