Uma semana para a Arte Moderna, encontro virtual com Uila Contatos com a arte


Data: 18 de novembro, 2021
Horário: 16h

 

Com o objetivo de identificar como foi articulada a herança sobre os estudos da identidade nacional e as novas propostas, modernas, sustentadas por seus participantes, este encontro virtual propõe uma reflexão sobre o lugar discursivo que assume a cidade de São Paulo em relação à identidade brasileira, a partir do estudo das principais características que fundamentaram a realização da Semana de Arte Moderna de 1922, com ênfase na relação estratégica entre o discurso sobre identidade nacional e sua estética vanguardista.

 

Uila (Uilton Garcia Cardoso Júnior), com formação na área da História da Arte pela Unifesp, tem como pesquisa principal os estudos do uso das imagens e da colonialidade nas relações raciais da história brasileira. Já trabalhou como educador em museus e instituições culturais, e atualmente é professor de História na Noc Educação, pesquisador no Acervo Bajubá e no Descolonizarte. Participou do Experiências Negras no Instituto Tomie Ohtake (2019), do Diversas: encontro sobre ação educativa e diversidades (2018-19) no SESC, SENAC e NÚCLEO LUZ e da Residência de Pesquisa em Arte Contemporânea na Uberbau_House (2020).

 

inscrições aqui

 

Encontro virtual no Zoom, para professoras(es), educadoras(es), pesquisadoras(es), estudantes e artistas. Com inscrição prévia.

Link do evento é enviado no dia por e-mail com 1h de antecedência da atividade.

Para intérprete de Libras, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48hs de antecedência.

Para certificado, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br após a atividade, com comprovante de inscrição em anexo.

 

Essa atividade faz parte do programa Contatos com a arte.

 

Legenda da obra em destaque: Lasar Segall (Vilna, Lituânia, 1889 – São Paulo, SP, 1957), Paisagem brasileira, 1925. Óleo sobre tela, 64 × 54 cm. Acervo Museu Lasar Segall – Ibram/Ministério do Turismo. Foto: Digitalização de Jorge Bastos.